Psicodelia e Arte

MEUS DIREITOS COMO PESSOA??????

 

O ser humano fala tanto de respeito e em seus direitos. OS MEUS DIREITOS BLÁ, BLÁ, BLÁ… E os direitos dos outros? Olha fulano é assim, fulano faz isso, faz aquilo. Julgar aos outros e falar em direitos e respeito não é hipocrisia? Hipócrita!!!

 

“Se você odeia alguém, é porque odeia alguma coisa nele que faz parte de você. O que não faz parte de nós não nos perturba.’’

Hermann Hesse

 

“Os que falam mal dos outros em tua presença, na tua ausência falará mal de ti.”

Provérbio árabe

 

Fulana sai com todos os homens, fulano é veado, olha a roupa do ciclano, olha o cabelo de beltrano. Recalcado(a) você paga as contas dele(a).

EU NÃO GOSTO QUE NINGUÉM SE (INTRO)META NA MINHA VIDA EU NÃO ME (INTRO)METO NA VIDA DE (SEU) NINGUÉM. BLA, BLA, BLA… Recalcado(a)! E você pode se meter na vida dos outros?

 

Fofoqueiro é um leva-e-traz, presta-se tão somente a isso.

É de tão inútil esse ser abjeto que, se tivesse ocupação, talvez a sua própria vida não lhe bastasse, teria muito o quê reparar.

É aquele que não se olha de tanta vergonha dos podres, mil defeitos dos quais é formado, mas que enxerga longe a vida dos outros e mesmo daqueles dos quais se diz “amigo”, e lhes atinge logo no primeiro virar as costas.

A sua miopia é tão crônica que o quê de normal consegue ver nas outras pessoas, ainda é assim é turvo, não alcança o BEM.

É tão desprezível que não se sentindo satisfeito com a sua inveja a transbordar pelos poros sujos, chega a envolver alguns que lhes cercam e a esses contamina destilando o seu veneno odioso, do qual um dia ainda padecerá.

L E M B R E M – S E:

Pessoas inteligentes falam sobre ideias.

Pessoas comuns falam sobre coisas.

Pessoas medíocres falam, de mal, sobre pessoas.

Fonte: Dicionário inFormal

 

“Vamos agradecer aos idiotas. Não fosse por eles não faríamos tanto sucesso”

Mark Twain

 

Os piores de todos são os metidos a moralistas a respeitáveis, ouvi um senhor falando de uma pessoa que não o cumprimenta, dizia ele que foi muito bem educado foi ensinado a dar bom dia, boa tarde… Esse senhor passa o tempo julgando a vida de quem ele não paga uma bala. Pergunto eu, ele tem algum caráter para falar desse rapaz ou de quem quer que seja? EU GOSTO DE RESPEITO BLA, BLA, BLA… Uma pessoa que denigri moralmente outra, falando isso ou aquilo das pessoas é um hipócrita, um Zé ninguém que quer aparecer ás custas das outras. E ainda fala em respeito!!

 

“Antes o reprovamento por um génio do que um louvor de um idiota.”

Marco Aurélio

 

Pessoas que debocham, humilham moralmente outras, valorizam aos outros pelo “que” são e não por “quem” são. Não há muita diferença delas para os inquisidores que queimavam as pessoas suspeitas de bruxaria, pois eles julgavam as pessoas por não serem como elas queriam.  Do mesmo modo Hitler e muitos outros.

Mais pobres do que eles não são ninguém;

Por ser gay é um veado safado;

Por ser religioso é fanático ou religioso de araque;

Por não ser religioso é um perdido um incrédulo endemoniado;

Por ser negro ou morador de favela não é capacitado ou de confiança;

Por não morar em favela não é safo (esperto).

Essas pessoas condenam pelo ‘’que’’ são e não ligam para ‘’quem’’ são. Essas pessoas são tão recalcadas que falam pelas costas ou por traz de um muro.

 

Se algum dia alguém te olhar dos pés a cabeça e rir… lembre-se que a maior honra para um gênio é a risada de um idiota.’’

desconhecido

                               

A pessoa vai a uma “passeata pela paz” e resolve dar uma passada rápida no shopping. Ao sair deu um problema na cancela de saída e ela começa a exaltar-se e a agredir os funcionários verbalmente. Pergunto que culpa tem os funcionários das regra do shopping. PAZ, PAZ, PAZ, BLA, BLA, BLA…

 

Existem pessoas que deveriam ser as primeiras a saber o valor do respeito mais discriminam aos outros.

Moradores de favela, negros, nordestinos, gays, gordos, analfabetos, empregados (peões, caixas, ASG etc.) por sofrerem preconceito e até discriminação deveriam ser os primeiros a saberem o valor do respeito. Só que grande parte passa o tempo debochando dos outros. Eu vejo nordestino chamar outro pelas costas de paraíba. Tá de sacanagem!

 

“Criou-se uma situação realmente trágica: — ou o sujeito se submete ao idiota ou o idiota o extermina.”

Nelson Rodrigues

 

Um outro dia um rapaz estava reclamando que o estavam chamando de safado e mal caráter e dizia ele que não se metia na vida de ninguém para se meterem na vida dele. Ele passa o dia falando da vida dos outros, mais do que isso, julgando as pessoas. Essas pessoas não têm noção, sendo do ridículo ou as duas coisas?  E ainda dizem que não fazem mal a ninguém.

 

“As pessoas só criticam alguém se esse alguém tiver algo de melhor que essas pessoas não tem nelas.”

Sara Souza Ramos

 

Uma pessoa para ter caráter não depende de religião ou falta desta, não depende da situação financeira, sexo, cor, origem ou filosofia. Um travesti e uma prostituta que vendem o corpo pode ter caráter por respeitarem as pessoas e seus direitos enquanto um conceituado advogado e um médico podem falar das pessoas agredindo-as moralmente por serem do modo que elas não concordam (recalque). São mentirosos, pois falam em direitos e respeito e não o fazem, ou seja, são falsas. Falsos, portanto são hipócritas se são hipócritas não tem caráter.

 

Faço a você umas perguntas:

Você julga as pessoas e respeita a individualidade delas ou não?

Você é ou não uma pessoa hipócrita?

Você tem ou não caráter?

 

Antes de olhar para os outros devo olhar para mim, analisar minha vida primeiro. Porque eu vou me incomodar com pessoas que não me dizem respeito, me recalcar, me rebaixar moralmente para denegrir outras?

 

ESTAMOS FALANDO DE PESSOAS, SERES HUMANOS. EU SEI O QUE PASSEI E PASSO, MAIS NÃO SEI O QUE OS OUTROS PASSAM E PASSARAM. QUEM SOU EU PARA JULGAR?

 

Hipocrisia: é o ato de fingir ter crenças, virtudes, ideias e sentimentos que a pessoa na verdade não as possui. A palavra deriva do latim hypocrisis e do grego hupokrisis ambos significando a representação de um ator, atuação, fingimento (no sentido artístico). Essa palavra passou mais tarde a designar moralmente pessoas que representam que fingem comportamentos.

Um exemplo clássico de ato hipócrita é denunciar alguém por realizar alguma ação enquanto realiza a mesma ação.

Recalque: Pessoa que se sente ameaçada ou insegura e critica os supostos responsáveis por coisas erradas na visão dela.
Uma pessoa recalcada tira conclusões equivocadas, baseadas em suposições quando sente uma ameaça contra si e seus valores. O recalque é uma defesa da personalidade, pessoas se recalcam porque se sentem ameaçadas.

Discriminação: é o ato de considerar que certas características que uma pessoa tem são motivos para que sejam vedados direitos que os outros têm. Numa palavra, é considerar que a diferença implica diferentes direitos.

Caráter: é um conjunto de características e traços relativos à maneira de agir e de reagir de um indivíduo ou de um grupo. É um feitio moral. É a firmeza e coerência de atitudes.

Uma pessoa conhecida como “sem caráter” ou “mau caráter”, geralmente é qualificada como desonesta, pois não apresenta firmeza de princípios ou de moral. Por outro lado, uma pessoa “de caráter" é alguém com formação moral sólida e incontestável.

Preconceito: (prefixo pré- e conceito) é um “juízo” preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude “discriminatória" perante pessoas, lugares ou tradições considerados diferentes ou “estranhos”. Costuma indicar desconhecimento pejorativo de alguém, ou de um grupo social, ao que lhe é diferente. As formas mais comuns de preconceito são: social, “racial" e "sexual”.

Vila Isabel, Rio

Peço desculpas pelos erros gramaticais.